Tatuagens Evolutivas de Charles Darwin

Tatuagens Evolutivas de Charles Darwin
Por: André Costa Dicas para Tatuagem

Charles Darwin, em seu livro “A Descendência do Homem” de 1871, afirmava que nenhuma nação desconhecia a arte da tatuagem. “Do Pólo Norte à Nova Zelândia não havia aborigine que não se tatuasse”

O Post de hoje vai em homenagem a Charles Darwin, que teve um papel excepcional na história humana e na história da Tattoo também por que não? 

Em 27 de Dezembro de 1831, Charles R. Darwin, então com 22 anos, partia para a expedição no barco HMS Beagle, do capitão Robert FitzRoy. Darwin havia sido convidado para a viagem em agosto daquele mesmo ano para mapear a América do Sul. Com duração prevista de dois anos, a expedição levou cinco anos, se encerrando em outubro de 1836. 

Após a expedição Darwin publicou o seu diário de viagem, onde ele já afirmara que nenhuma nação desconhecia a arte de tatuagem. Outro fator importante da viagem no HMS Beagle foi que Darwin fundamentou na prática a sua teoria das escies e publicou seu impactante livro sobre o assunto em 1858. Darwin usou evidências convincentes para elaborar suas ideias sobre a evolução, superando a rejeição científica dos conceitos anteriores de transmutação de espécies. Na década de 1870, a comunidade científica e grande parte do público em geral já aceitavam a evolução como um fato.

HISTÓRIA DA TATUAGEM

Incríveis Tattoos de Charles Darwin


Próximos eventos

Ver mais eventos