Trash Polka: Guia Definitivo

Trash Polka: Guia Definitivo
Por: André Costa Tipos de Tatuagem

Trash Polka é a combinação de realismo e lixo; a natureza e abstrato; tecnologia e humanidade; passado, presente e futuro; opostos que eles estão tentando incitar em uma dança criativa para harmonia e ritmo em sintonia com o corpo.

História da Tatuagem Trash Polka

Esse estilo de tatuagem nasceu em 1998, no Buena Vista Tattoo Club em Würzburg na Alemanha e seus criadores são os artistas: Volker Merschky e Simone Plaff. Originalmente os artistas haviam dado o nome de "Realistic Trash Polka", porque combinavam imagens realistas, gráficos, letras e outras camadas artísticas (lixo), a ideia era utilizar essas tattoos como se fossem um estilo musical, fazendo com que tudo combinasse, assim como em uma composição (Polka). Após algum tempo, perceberam que seu estilo não precisava ter regras pré estabelecidas e a partir desse momento, encurtaram o nome para Trash Polka. 

Mas como todo revolucionário, eles também encontraram dificuldades no inicio, como não havia nada semelhante no mundo das tattoos, eles tinham grandes dificuldades para encontrar pessoas interessadas em fazer suas Tattoos. Merschky e Plaff costumavam dizer: "Precisamos de clientes de mente aberta que possam deitar as mãos e confiar em nós",

Com o tempo, o Trash Polka começou a receber reconhecimento mundial, passando a aparecer em artigos, revistas, livros e sites especializados em tatuagem. A partir de então, Merschky e Pfaff passaram a influenciar muitos tatuadores ao redor do mundo com seu novo estilo. Primeiro na Europa, depois na Rússia, Ásia, América do Sul, Austrália e Estados Unidos. Hoje em dia a Trash Polka é reconhecida mundialmente como um estilo independente e uma marca registrada.

Um Pouco da História dos Criadores da Trash Polka

Volker Merschky e Simone Pfaff trabalham juntos como tatuadores, fotógrafos, músicos e pintores, mas nem sempre foi assim, Merschky a principio fazia design de interiores e Plaff design gráfico. Em meados dos anos 90, despertaram a paixão pela tatuagem e decidiram abrir o Buena Vista Tattoo Club em Würzburg na Alemanha, onde criaram o estilo Trash Polka. 

O casal é conhecido mundialmente por ter quebrado os estereótipos do estilo clássico de tatuagem alemã, misturando estilos diferentes juntos. Eles ainda mantem outros projetos juntos, como: 

  • „Dobbs Dead“ - Um estilo de música não muito comum, assim como o Trash Polka. Morbid Country Folk, seria algo como Folk Mórbido.
  • Fotografia e Pintura - Onde possuem seus trabalhos exibidos em várias galerias de arte e museus nacionais e internacionais como: Paris, Londres, Hamburgo, Roma e outros.  

Definição do Estilo Trash Polka

Segundo o próprio Volker Merschky, a tatuagem Trash Polka pode ser descrita da seguinte maneira: "combinação de realismo e lixo; a natureza e o abstrato; tecnologia e humanidade; passado, presente e futuro; opostos que eles estão tentando incitar em uma dança criativa para harmonia e ritmo em sintonia com o corpo."

A ideia é misturar vários estilos diferentes juntos, combinando elementos naturais, realismo, gráficos geométricos, faixas, e letras. Criando contrastes entre a complexidade do realismo fotográfico com a simplicidade de elementos gráficos e letras, com preto e vermelho sobre espaços vazios e já preenchidos. Como resultado final, temos uma arte bem caótica. 

Para permanecer dentro do estilo, deve-se usar apenas as cores preta e vermelha. Muitos artistas usam suas próprias imagens, mas você pode achar artistas que podem usar imagens escolhidas por você. 

O bom do estilo é que você pode colocar tudo que você quer em uma única tattoo: Realismo, Frases, Símbolos, Desenhos e o que mais você quiser. A parte ruim é que para esse estilo, indica-se uma tela grande e com o tempo o contraste que é um dos pontos chaves da tattoo irá suavizar, deixando-a menos Trash Polka... 

  • Cruzar um retrato com linhas pretas ou inserir letras sobre uma imagem fotográfica.
  • Palavras significativas ou traços de cores fortes para criar representações visuais poderosas, criando um um contraste vibrante na pele e fazendo com que as tatuagens se destaquem.

Segundo Merschky e Polka o processo para se fazer o Trash Polka geralmente é o seguinte: um cliente entra no estúdio, informa sua ideia principal e possíveis palavras-chave de uma música, poema ou citação que deseja incluir. Então Merschky e Pfaff se sentam no computador, criam de dois a três desenhos e os apresentam ao cliente. Alguns dos elementos que eles usam nas tatuagens hoje em dia, eles pintaram anos atrás.

"Se nós apenas fizéssemos o que as pessoas querem, nunca teríamos sido capazes de desenvolver algo novo", diz Merschky. 

Tatuagens Trash Polka